NOTÍCIAS

Postado em 13 de Dezembro de 2016 às 13h59

Lei do Parcelamento do Solo

Institucional (33)Mercado imobiliário (30)
  • SECOVI SUL/SC - Sindicato da Habitação -

O presidente do Secovi Sul/SC (Sindicato da Habitação), Juarez Sabino, continua peregrinação na Assembleia Legislativa. Ele esteve com o deputado estadual Valmir Comin (PP) e pediu urgência na apreciação de minuta de projeto de lei encaminhado pela entidade, que normatiza o uso do solo no estado. Divergências entre Leis federal e estadual confundem na hora da fiscalizar e aplicar sanções, pois cada município interpreta de um jeito. A subcomissão da OAB/SC informou que só em Criciúma mais de 50% dos loteamentos construídos possuem demanda judicial por conta de diferentes interpretações.

Principais mudanças propostas na lei
Entre as principais alterações na Lei de Parcelamento do Solo, estão a definição clara sobre delimitação de córregos e rios em áreas urbanas (5 a 15 metros), Identificação e definição de áreas de preservação permanentes e reserva legal (delimitação exata das áreas) e Identificação e definição das reservas legais dentro dos municípios e regiões litorâneas. Segundo o Secovi Sul/SC é a única maneira de estimular o segmento dentro da lei e evitar surgimento de vários loteamentos irregulares, hoje uma realidade em todo o país.
 

Veja também

Curso promovido pelo Secovi Sul/SC orienta processo de entrega das chaves e rescisão de contratos de locação29/08/17 Começou segunda-feira (28), e segue até a próxima quarta-feira (30), o curso “Aspectos práticos dos procedimentos para a entrega das chaves e rescisão de contratos de locação”, promovido pelo Sindicato da Habitação do Sul de Santa Catarina (Secovi Sul/SC). O encontro acontece no Auditório 102 da Associação Empresarial de......

Voltar para NOTÍCIAS