NOTÍCIAS

Postado em 18 de Janeiro às 10h11

CENÁRIO OTIMISTA PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO

  • SECOVI SUL/SC - Sindicato da Habitação -

Embora 2024 mal tenha ainda começado, já é possível observar algumas tendências da área imobiliária para o restante do ano. Uma delas é que o mercado no Brasil vai seguir com valores mais altos, dando continuidade ao ciclo de aumento dos preços dos imóveis. Os valores subiram mais de 5% em 2023 em relação ao ano anterior, Mesmo com um custo mais alto dos imóveis, o mercado deve se manter aquecido. Isso porque não é apenas o preço o fator decisivo para a compra de um imóvel, Outros fatores contribuem significantemente na hora da tomada dessa decisão, seja para uso próprio ou investimento. Um desses fatores é a gradativa queda das taxas de juros do crédito imobiliário.
Mesmo com reduções tímidas, o movimento indica um breve futuro de facilidade para adquirir o imóvel, já que financiar o pagamento por meio do aporte financeiro do banco é, muitas vezes, a única possibilidade de realizar o sonho da casa própria de muitos brasileiros.

ESTABILIDADE ECONÔMICA

Outro fator que contribui para a continuidade do aquecimento do mercado imobiliário é a confiança no governo, Ainda que muitos mantenham críticas às políticas econômicas, a passagem do marco de um ano do novo governo estabiliza os ânimos do mercado. Passados os primeiros doze meses, a margem para sustos se estreita.
Por fim, o alto déficit habitacional brasileiro (segundo a Fundação Getúlio Vargas, ele é de 5.8 milhões de famílias mantém uma constante demanda por imóveis e, seguindo a regra básica do capitalismo, toda vez que existe uma demanda por um produto, este tende a se valorizar. O governo reservou 13.7 bilhões na proposta de orçamento deste ano para o programa habitacional Minha Casa Minha Vida. O valor representa uma alta de 41.1% em relação ao ano passado. Todo esse investimento público, a busca por moradia e também os novos regramentos urbanos dos municípios contribuem para o crescimento de oferta residenciais.

Leia mais em: https://veja.abril.com.br/coluna/real-estate/o-cenario-otimista-para-o-mercado-imobiliario-em-2024/

Veja também

Secovi Sul/SC na FEHAB23/03/17 Sindicatos da Habitação (Secovis) de todo o Brasil estão em Brasília (DF), para fundar a nova federação nacional do setor, a FEHAB. Presidentes de seis estados brasileiros, incluindo o presidente do Secovi Sul/SC, Juarez Sabino, vão formatar o novo estatuto para a criação da entidade. O objetivo é fortalecer o segmento da habitação......
O que fazer quando um condômino tem atitudes antissociais?03/10/18 Este será o foco da palestra do presidente do SECOVI de Florianópolis e Tubarão, Fernando Willrich, no Workshop Síndicos Planning de Criciúma Viver em condomínio exige muito controle emocional e paciência.......

Voltar para NOTÍCIAS